.
.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Segunda-feira a Sexta-feira: 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Saúde - Segunda-feira, 29 de Maio de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Mateada da Saúde Mental será realizada no Parque da Pedreira

Evento acontece no dia 31 a partir das 14h


Mateada da Saúde Mental será realizada no Parque da Pedreira

A Rede de Atenção psicossocial, hoje conhecida como RAPS, estará realizando uma mateada de integração entre os profissionais e usuários dos diferentes serviços do município e da vizinha Augusto Pestana, serão realizadas diversas atividades artísticas e de lazer visando a integração com a comunidade. Sendo que a comunidade em geral está convida a comparecer ao Parque da Pedreira no dia 31, a tarde e conhecer um pouco dos serviços realizados nos serviços de saúde mental da cidade, sendo que na ocasião serão distribuíos materiais informativos e exemplares do Jornal “A margem” produzido pelos usuários do CAPS AD.

O evento visa  dar visibilidade ao  dia nacional da Luta Antimanicomial  celebrado  anualmente no dia 18 de maio. Essa data surge junto com a Reforma Psiquiátrica,no final da década de 70. Antes disso, as pessoas vistas como “loucas” eram internadas em instituições chamadas de manicômios. Nestes lugares as pessoas eram isoladas da sociedade com a promessa de um tratamento, contudo muitas vezes eram tratadas de forma sub-humana: altamente medicalizadas e não raro passavam por maus tratos o que muitas vezes mais dor e sofrimento.

A partir do movimento de Luta Antimanicomial, pacientes, profissionais e movimentos sociais, começam a expor essa barbárie e lutar por um novo modelo de saúde mental. Onde o tratamento fosse humanizado e realizado em liberdade, respeitando os direitos humanos. Após 30 anos de luta se aprovou a ‘Lei da Reforma Psiquiátrica’ em 2001, que trata da proteção dos direitos das pessoas com transtornos mentais. Com ela a forma  de tratamento foi redimensionado e o o modelo  “hospitalocentrico” passou a ser substituído  por  novos serviços comunitários, territorializados, buscando a garantia da cidadania das pessoas e seus familiares, que historicamente foram discriminados e excluídos da sociedade. 

 Nesse contexto surgem os Centro de Atenção Psicossocial, sendo que em nosso município temos CAPS II, CAPS ad e CAPS infantil, além de outras propostas de tratamento como os leitos hospitalares em hospitais geris e os centros de convivência, como por exemplo a CASA AMA mantida em Ijuí pela Associação Municipal de Saúde Mental de Ijuí.

612 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
UF - 2021

R$ 130,96

.
UF - 2022

R$ 146,40

.
UF - 2023

R$ 155,92

.
UF - 2024

R$ 162,46

.
.

Município de Ijuí - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.